Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Editorial – 06.01.2021

Compartilhe:
editorial_1170x530

Me sobrou muito pouco tempo para o nosso espaço editorial de hoje, mas eu não poderia deixar de comentar mais uma declaração cínica do presidente da República, o senhor Jair Bolsonaro. Em uma das suas tradicionais conversas com apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, o ex-capitão disse que o Brasil está quebrado e que ele não consegue fazer nada, citando como culpados a pandemia de Covid-19 e a atuação da imprensa. O chefe do Executivo destacou também que, por esse motivo, não pôde cumprir uma de suas promessas de campanha, que era alterar a tabela do Imposto de Renda.

 

É bem verdade que o país já vinha em uma trajetória de recessão e estagnação desde 2015, mas o senhor, presidente, ajudou a quebrar o nosso país, o senhor tem a sua parcela de culpa nisso, contando com o auxílio luxuoso de Paulo Guedes, ao adotar uma política econômica que privilegia o capital privado, priorizando a entrega das nossas estatais, que não teve sequer a humildade de assumir os erros de condução do Ministério da Fazenda para fomentar o investimento público em um momento de crise, ainda que às custas da ampliação do endividamento do país, a onda do Keynesianismo de ocasião que tomou conta dos neoliberais mundo afora, aqui no Brasil não passou de uma marolinha.

 

Enquanto isso, a tragédia provocada pela Covid-19 no Brasil se amplia e o senhor, ex-capitão, posterga o início da vacinação única e exclusivamente por interesses políticos, para aparecer na foto ao lado da primeira pessoa imunizada no nosso país, ainda que isso custe centenas de vidas de brasileiros como eu, como o senhor.

 

Antes de termos uma crise econômica, enfrentamos uma crise moral, um período de atraso intelectual, onde somos obrigados todos os dias a explicar o óbvio para tentar reduzir o estrago provocado por uma gestão ideologizada e ignóbil.

 

Ouça o comentário de Anderson Gomes:

 

Deixe seu comentário:

Baixe nosso App

Baixe nosso App

Programas anteriores

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)