Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Editorial – 07.01.2020

Compartilhe:
editorial_1170x530

Hoje iremos entrevistar aqui no nosso programa o professor Vinicius Fernandes da Silva. Vinícius é professor do Colégio Pedro II, Doutor em Planejamento Urbano, Mestre em Sociologia e Antropologia, além de cientista social, e o professor Vinicius simplesmente reagiu com uma carta muito bem escrita ao ataque que o senhor Bolsonaro fez ao Colégio Pedro II.

 

Isso mesmo, vocês sabem que entre as diversas barbaridades ditas pelo nosso presidente, o Colégio Pedro II recentemente foi acusado de ter acabado, na concepção de Bolsonaro, tudo isso por conta das divergências de Bolsonaro em relação ao trabalho docente que é realizado naquela instituição e que coloca o Pedro II como uma das melhores escolas do Brasil. Vinícius fez uma carta aberta a Bolsonaro nos seguintes termos:

 

“O presidente Jair Bolsonaro, em conversa com jornalistas no dia de hoje, abordou assuntos a respeito dos livros didáticos e mencionou o Colégio Pedro II, instituto federal de ensino básico sediado no Rio de Janeiro.

 

Em sua fala o presidente disse que o CPII “acabou”.

 

Como professor efetivo e com dedicação exclusiva de uma das unidades (temos 11) da centenária instituição, me perguntei sobre as muitas interpretações que o verbo “acabar” pode suscitar. Cheguei a algumas conclusões e tomarei como referência somente o resultado do Campus Centro no ENEM 2018, porém somando as médias de todos os outros campus, o efeito seria praticamente idêntico.

 

O Colégio Pedro II ACABOU com uma média superior em redação em comparação a todas as escolas públicas e privadas do país (CPII: 766,7; públicas: 488,9; privadas: 560,4).

 

O Colégio Pedro II ACABOU com uma média superior em ciências da natureza em comparação a todas as escolas públicas e privadas do país (CPII:631,6; públicas: 488,9; privadas: 560,4).

 

O Colégio Pedro II ACABOU com uma média superior em ciências humanas em comparação a todas as escolas públicas e privadas do país (CPII:672,7; públicas: 564,4; privadas: 626,2).

 

O Colégio Pedro II ACABOU com uma média superior em matemática em comparação a todas as escolas públicas e privadas do país (CPII:721,6; públicas: 532,6; privadas: 625,9).

 

O Colégio Pedro II ACABOU com uma média superior em linguagens em comparação a todas as escolas públicas e privadas do país (CPII:634,4; públicas: 524,4; privadas: 581,9).

 

O Colégio Pedro II ACABOU como campeão (centenas de medalhas de ouro, prata e bronze) em Olimpíadas nacionais e internacionais de Matemática, Química, Neurociência, entre outras disciplinas, no ano de 2019.

 

O que parece não ter acabado é a falta de liturgia da presidência da República em relação a seus cidadãos, profissionais de imprensa e ao mundo. O que parece não ter acabado é a falta de respeito da presidência da República a professores, estudantes, pesquisadores, instituições de ensino, intelectuais vivos e falecidos respeitados nacionalmente e internacionalmente.

 

Porém afirmo que algo também não acabou.

 

Não acabou nosso desejo, de professores e estudantes, em incluir a diversidade étnica, de gênero, de classe em uma instituição de ensino de qualidade, que ensine, além dos conteúdos, uma existência ética, solidária e que se preocupe com o pensamento crítico e os básicos valores humanos.

 

Não acabou nosso desejo que todas as escolas públicas tenham um desempenho e estrutura que o Colégio Pedro II possui, mesmo com os graves problemas que também enfrentamos. Não queremos escolas “iguais” ao CPII, mas queremos condições dignas a todos os estudantes e professores do país.

 

Não acabou nosso desejo de lutar por um país mais igualitário e democrático.

 

Não!

 

E não acabará, jamais!”

 

Ouça o comentário de Paulo Passarinho:

 

Deixe seu comentário:

Baixe nosso App

Baixe nosso App

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)