Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Editorial – 07.04.2021

Compartilhe:
editorial_1170x530

Essa espécie de ginástica georreferencial que alguns líderes progressistas têm implementado nos últimos tempos, identificando como de centro políticos reconhecidamente de direita, além de um monumental erro estratégico na composição de chapas genuinamente de esquerda nas disputas eleitorais, que coloquem como meta desfazer o desmonte do Estado nacional, as reformas ultraliberais, o teto de gastos, entre muitas outras demandas fundamentais para o povo brasileiro, tem sido desmontada pelos fatos que se sobrepõem.

 

O prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes, por exemplo, colocado como possível aliado de Marcelo Freixo na campanha para o governo do Rio no ano que vem, jogou a culpa pela crise do município nos servidores públicos e pôs em votação, na Câmara dos Vereadores, um projeto que aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14% e estabelece a criação de uma Previdência complementar em regime de capitalização, facilitando a concentração de recursos públicos nas mãos do mercado, em uma reforma semelhante à aprovada no Congresso Nacional em 2019.

 

O objetivo, segundo a Prefeitura, é reduzir o rombo de R$ 1 bilhão do Fundo de Previdência do Município (Funprevi). A grande questão é que seguidas administrações do município vêm retirando recursos do fundo, a começar por César Maia, em 2004, passando pelo próprio Eduardo Paes, em 2011, e Marcelo Crivella, em 2018. Além disso, o atual prefeito não apresentou sequer um plano para reduzir o déficit do Funprevi, ou seja, um verdadeiro crime contra os servidores.

 

A intenção desse pessoal é fazer com que professores, médicos, enfermeiros, garis, guardas municipais e os demais funcionários públicos sejam responsabilizados pelo caos nos cofres do Rio de Janeiro, muito por culpa de gestões ineptas dos recursos. Não há a menor possibilidade de a esquerda embarcar em alianças com essa turma que não oferece qualquer saída que privilegie o trabalhador brasileiro da base da pirâmide.

 

Ouça o comentário de Anderson Gomes:

 

Deixe seu comentário:

Baixe nosso App

Baixe nosso App

Programas anteriores

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)