Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Lídice condena “despreparo” de Jair Bolsonaro e cita ações para idosos

Compartilhe:
lidice_mata_1170x530

O presidente Jair Bolsonaro vem apresentando, nos últimos dias, mesmo com o agravamento da pandemia do novo coronavírus, atitudes que se repetem desde o início de seu mandato no Palácio do Planalto. A falta de cuidados em relação ao uso das máscaras hospitalares nas entrevistas coletivas para evitar a infecção, por exemplo, reflete o pouco caso com o cargo que ocupa, visto que as iniciativas de um mandatário servem como referência para a população.

 

Além disso, as iniciativas de alcance institucional vêm desagradando a população. Não por acaso nos últimos dias puderam ser vistos protestos contra o ex-capitão do Exército, com panelaços acontecendo nas principais cidades do país.

 

No Congresso, os parlamentares já questionam as disputas políticas promovidas por Bolsonaro com os governadores em relação ao combate à Covid-19. A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) citou as iniciativas e declarações do presidente criticando os chefes de Executivos estaduais.

 

“Lamento muito. O presidente da República tem demonstrado um despreparo muito grande, às vezes me pergunto até se não é proposital para causar confusão e justificar ações autoritárias. No entanto, o Congresso está atento, o Supremo também. Creio que há um comportamento que une o Brasil e precisamos, nesse momento, de um governo funcione para combater a extensão do coronavírus nas nossas vidas”, afirmou.

 

“Os governadores, ainda bem, têm uma ação articulada que dá alguma esperança de que possamos atuar com um planejamento mínimo. Governadores de diversos estados e legendas têm uma agenda na mesma direção, isso é muito importante. O presidente tenta fazer um confronto com os governadores, mas eles estão firmes na defesa de sua população”, prosseguiu a parlamentar.

 

Na última sexta-feira (20), Bolsonaro editou um decreto e uma medida provisória que garantem ao Governo Federal a competência sobre serviços essenciais, entre os quais estão a circulação intermunicipal e interestadual, na tentativa de ‘harmonizar as ações de enfrentamento à pandemia’. A deputada do PSB atacou o documento.

 

“Essa medida provisória que ele editou para reconcentrar poder é uma bobagem. Os governadores não romperam com nenhum ambiente constitucional, tomaram medidas indispensáveis para a proteção dos seus estados e o Governo Federal devia agregar a eles, ajudá-los nisso. Já temos casos de coronavírus em todos os estados, portanto não cabe, por exemplo, manter as fronteiras abertas. É preciso impedir que ônibus circulem e os caminhoneiros, na medida da distribuição da produção, precisam circular, mas isso sendo feito com controle na fronteira, tomada de temperatura e dirigir ao atendimento aqueles casos suspeitos”, ressaltou.

 

Presidente da Comissão em Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa na Câmara dos Deputados, Lídice anunciou as ações promovidas pelos parlamentares para proteger as pessoas mais afetadas pelos efeitos da Covid-19.

 

“Fizemos essa semana uma reunião remota e aprovamos um documento para os Ministérios que tratam da pessoa idosa, da Cidadania e dos Direitos Humanos, para que pudessem liberar todos os recursos de emendas parlamentares que fossem destinadas para as instituições de longa duração. Mesmo as emendas destinadas a outras áreas, como centros de convivência, que vão fechar provavelmente em todo país, que nós pudéssemos também pedir autorização orçamentária para haver uma migração de recursos para essa área para proteger esses idosos, que são bastante vulneráveis pois não moram com a sua família”, pontuou.

 

Ouça a íntegra da entrevista de Lídice da Mata:

 

Deixe seu comentário:

Baixe nosso App

Baixe nosso App

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)