Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Vida longa

Compartilhe:
logo_aapfl_1170x530

Por Lucia Naegeli*

 

Na última reunião a qual participaram os patrocinadores e ouvintes do programa Faixa Livre, conversamos sobre a pertinência ou não de comemorar essa data, o 5 de dezembro, aniversário do programa. Afinal, são 24 anos, firmes, no ar.  Na reunião, uns, bem animados, gostariam de organizar um encontro entre nós. Já outros, diante da conjuntura tão difícil que estamos vivendo, preferiram não comemorar. Mas havia, ali, uma unanimidade: o vínculo que estabelecemos com esse programa no sentido de formar nossa consciência política.

 

O programa Faixa Livre conta com uma equipe de primeira, sempre se colocando diante de situações, algumas delas inesperadas, de maneira competente. Nem precisamos falar sobre a qualidade de nossos comentaristas, sejam eles especialistas em determinados assuntos, políticos, militantes de movimentos sociais ou apenas cidadãos que escolheram encaminhar suas vidas para a defesa do país e de seus trabalhadores.

 

Nasceu na conjuntura que implantou o neoliberalismo no Brasil, e, portanto, num momento muito grave em que tivemos que enfrentar um governo que desmontava as estruturas do país e subtraía direitos dos trabalhadores. Um quarto de século depois, não imaginávamos que iríamos vivenciar a falência desse modelo e o fortalecimento da perversidade com que se avançou na retirada de direitos. Vislumbramos para o ano em que o Faixa Livre completará 25 anos, não só um governo que ignora completamente seus cidadãos como já estamos vivendo num hospício a céu aberto.

 

Por isso, mais do que nunca , devemos cuidar com carinho desse programa, cada vez mais necessário num momento em que um segmento do setor de comunicações da chamada mídia hegemônica  trabalha no sentido de implantar a alienação e a perda de consciência política dos brasileiros. Cuidar com carinho desse programa no momento em que precisamos nos organizar e nos dar as mãos para sermos mais fortes.

 

Os ouvintes do Faixa Livre são bastante diversificados, uns comemorando o programa ouvido no aplicativo, outros ainda fazendo uso do velho rádio. Mas, cada um de nós, a seu modo e com os recursos de que dispomos, devemos acolher mais uma tarefa nas nossas vidas, zelar pela vida longa de nosso programa.

 

Criamos, embora informalmente, uma Associação de Amigos do Programa Faixa Livre. Vamos nos encontrar, este ano, de forma mais estreita e frequente, para que possamos estabelecer as estratégias possíveis para a manutenção do programa. Para mim, ele passou a ser uma necessidade diária, a mesma que preciso para manter vivo meu coração.

 

A contribuição mensal e permanente, assim como a saúde, é vital para o programa. Vamos ampliar essa rede de ouvintes!

 

VIDA LONGA AO FAIXA LIVRE!

 

* Lucia Naegeli é professora e presidente da Associação de Amigos do Programa Faixa Livre

Deixe seu comentário:

Baixe nosso App

Baixe nosso App

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)